OLHARES
 
Existe um olhar meio que sem graça,desconcertante,viajante.
Existe um olhar pr’aquilo e desfaz.
Existe um olhar sem jeito,como quem sabe não há distâncias nesse mundo.
Existe um olhar conquistador,engenhoso.Um olhar de cotovia que rima com a paixão.
Existe um olhar despretencioso,desconfiado,inesperado.
Existe um olhar contíguo,distante,meigo-sereno.
Existe um olhar contagiante,que desvia,que guia aqueles sem rumo.
Existe um olhar singular,daqueles que procuram vida nos quarteirões desatentos,lixos,esgotos,migalhas que enfeitam seu nobre paladar.
Existe um olhar sujeito do homem poluído,males consumidos,que acarretam,que anulam.
Existe um olhar intensivo,do que quer,do que sonha,do que nasce.
Existem olhares para todos os lados,para todas as coisas,para todos os momentos.
Olhar meu,seu,daquele,desse.
SILVA,Robson