Todas as cidades e todo o país em poucos dias viverá um dos momentos em que muitas pessoas entregam-se á “alegria”.São dias de muito barulho,muita bebida,”curtição’,longa caminhada pelas avenidas e palcos,é montado o cenário.É gente de todo jeito,bonecos ridículos,rei momo,"mulheres"seminuas rebolando, mostrando quase tudo,ruas invadidas por foliões com variadas fantasias.Comércios fechados. É carnificina na beira das estradas,nos becos escuros…
Todos preparam as pernas,as energias para os dias de embalos atrás de um  trio elétrico.
 
Trio Elétrico é um equipamento de som que circula os 5 dias de carnaval com um monte de Baiano ao redor, que ficam correndo atrás de um caminhão, onde tem sempre uma pessoa em cima como se fosse uma espécie de líder da multidão despombalizada que passa o ano todo juntando dinheiro para comprar uma camisa verde fluorescente para poder ficar correndo atrás desse caminhão.( DESCICOPLÉDIA. Desciclo. Pedia. Ws/wiki/Trio_elétrico)

O Trio elétrico foi inventado por dois baianos que estavam deitado numa rede, veja abaixo o dialogo deles: – Dodô, vamos fazer barulho? – Osmar, até queria, mas esse negócio cansa muito. – Vamos de carro. Pronto, tava criado o Trio elétrico.

 Muitos prepararam-se há muito tempo,com compra de abadás e fantasias.São pelos menos quatro dias nos bastidores da folia mostrados pela imprensa a cada 10 minutos.O trio elétrico comanda a festa com um babaca regendo a “orquestra”ao lado de cantoras histéricas,com umas músicas horríveis de se ouvir.Há quem diga que ama o carnaval,que é o momento para reencontrar os amigos e “pegar” altas gatas.Todos já fomos vítimas algum dia dessa “onda”,o final de tudo,só Deus sabe!

 Silva,Robson.Pensamentos Críticos in loco.