O QUE É PSICOLINGUÍSTICA?

          Psicolinguística é o estudo das conexões entre linguagem e a mente que começou a se destacar como disciplina autônoma nos anos 1950.Ela não se confunde com a Psicologia da Linguagem por seu objeto e metodologia,apesar de muitos teóricos afirmarem que a Psicolinguística é um ramo interdisciplinar da Psicologia e da Linguística.De alguma maneira, seu aparecimento foi promovido pela insistência com o linguista Noam Chomsky (um dos psicolinguistas mais importantes) defendeu,naquela época, que a linguística precisava ser encarada como parte da psicologia cognitiva,além de outros fatores como o interesse crescente da Linguística pela questão da aquisição da linguagem.
          A Psicolinguística analisa qualquer processo que diz respeito à comunicação humana,mediante o uso da linguagem(seja ela de forma oral,escrita,gestual etc.).Essa ciência também estuda os fatores que afetam a decodificação,ou seja,as estruturas psicológicas que nos capacitam a entender expressões,palavras,orações,textos.
         A PSICOLINGUÍSTICA  é o estudo dos processos cognitivos envolvidos e na produção da linguagem.Ela se relaciona com diversas outras disciplinas como as ciências da linguagem,a neurologia,a neurobiologia,a psicologia e as ciências cognitivas.
          A PSICOLINGUÍSTICA é composta dos seguintes domínios:aquisição da fala e compreensão da linguagem,percepção da fala,produção oral e escrita,leitura,distúrbios da linguagem e linguagem e pensamento.
 Psicolinguista: Silva,Robson
confira abaixo o slide de fotos da turma formada em Psicolinguística pela FAP(Faculdade do Baixo Parnaíba,Chapadinha-MA)em  2008.
 

57 thoughts on “O QUE É PSICOLINGUÍSTICA?

  1. Gostaría de saber se fazendo Letras – Licenciatura Português/Espanhol posso fazer mestrado com esse tema(Psicolinguística)?

  2. Olá Robson, voce poderia indicar alguns autores que falam sobre esse tema? Fiz Letras, pos graduei em linguistica, mas estou muito interessada em fazer outra pós em psicolinbguistica, pois na caminhada com a linguistica, não vi nada desse tema.

    1. Olá querida. Você pode recorrer aos teóricos: Noam Chomsky, Michel Foucauld, Merleau-Ponty, Roman Jakobson e/ou talvez Irandé Antunes. Todos esses podem te ajudar. Eles tratam da aquisição da linguagem, fenomenologia da linguagem e questões psicológicas e comunicativas da linguagem. Abraço!

  3. otmo conteudo, Prof. Robson! agora entendo como o dr. milton erickson programava e reprogramava mentes de seus pacientes com hipnose instantanea, ou seja, utilizando tecnicas linguisticas.

  4. Olá Robson, pretendo fazer meu TCC em psicolinguística, irei acompanhar uma turma de 5ª série por um período de 10 meses, iniciarei agora em março de 2012. Por onde devo começar ? O que fazer ? Que livros e autores devo me basear? Obrigada!

    1. Olá querida! Obrigado por visitar meu blog. Sugiro que siga o sumário abaixo:

      SUMÁRIO

      INTRODUÇÃO
      2 – PSICOLINGÜÍSTICA
      3 – O PENSAMENTO E A LINGUAGEM
      3.1 – A PERCEPÇÃO, OS CONCEITOS E OS SÍMBOLOS
      3.2 – O PENSAMENTO E A LINGUAGEM
      4 – USOS E FUNÇÕES DA LINGUAGEM
      5 – A COMPETÊNCIA E O DESEMPENHO
      6 – A AQUISIÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM
      6.1 – A APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM
      CONCLUSÃO
      BIBLIOGRAFIA
      Quanto aos autores, eis alguns:

      Slobin, D. I. 1979. Psycholinguistics, 2nd edition, Glenview, Illinois, Scott, Foresman and Company.

      Noam Chomsky; Irandé Antunes; Entre outros. Abraço!

  5. Olá, professor.
    Sou graduanda em letras espanhol e me encontro no primeiro semestre do curso e terei de fazer um seminário sobr psicolinguística. Como posso torna o tema mais interessante para apresentar a turma? Afinal todos desconhecemos o tema eu que irei a presentar aos demais alunos da turma.

    1. Olá querida. Olha dentro do tema (Psicolinguísitca) escolha um aspecto específico para você trabalhar com seus alunos. Por exemplo: O desenvolvimento da linguagem ou algo sobre leitura, como se lê e/ou a importância da leitura. Com isso, você estará abordando conteúdos de Psicolinguísitca. Abraço!

  6. Olá.
    Professor, parabenizo pelas explicações sobre o tema de psicolinguística e, diante disso, questiono: A dificuldade no processo de aquisição e desenvolvimento da linguagem escrita faz parte de estudos relacionados à psicolinguística?
    Desde já, agradeço.

  7. Olá Professor,
    Sou graduanda em Letras Inglês da Universidade Federal de Alagoas e estou no quarto período do curso. Pretendo fazer meu TCC em Psicolinguística. Tenho curiosidade em analisar como ocorre o processo de aquisição de linguagem de língua inglesa em crianças da rede pública de ensino, considerando o contexto social em que elas vivem. Sendo assim, gostaria de saber se a Psicolinguística é uma disciplina indicada para este estudo, ou qual seria?

  8. Prabéns pelos comentários.São interessante.Mas importante ainda é verificar que você responde a todos os comentários.Parabéns mais uma vez. Costumo pesquisar de tudo um pouco!

    1. Seria interessante você enfatizar a questão da LÍNGUA E LINGUAGEM. Fazer ressalvas sobre a língua escrita e língua falada, a aquisição de ambas. Através de conceitos, tabelas demonstrativas, relatórios e pesquisas de campo. etc. Abraço!

  9. olá, Robson ESTOU PTRESTE A FAZER UM DEBATE COM O TEMA PSICOLINGUISTA (ASPECTOS POSITIVOS) PRECISO DE SUA AJUDA PARA DA UM SHOW NA CLASSE.ME AJUDA

    1. Olá Girlania, obrigado por ler minhas postagens. Para lhe ajudar no debate, recomendo-lhe ler o livro: DEL RÉ, A. Aquisição da linguagem: uma abordagem psicolingüística. São Paulo:
      Contexto, 2006. Dê uma olhada também neste site: http://eduquenet.net/genetica.htm. Tem algumas ideias pra você ir montando seus argumentos acerca desta ciência (Psicolinguística). Abraço!

    1. Olá.. obrigado pelo comentário. Um das formas de entender o modelo psicolinguístico é ler Goodman (1971), quando ele define a leitura como processo interativo entre pensamento e linguagem.. esse é um dos caminhos para se compreender o modelo psicolinguístico. Abraço!

    1. Para que seu texto seja claro, compreensível e possa transmitir a ideia que você queira passar, é importante que ele tenha duas características: COESÃO e a COERÊNCIA. COESÃO diz respeito às regras gramaticais, concordância. etc. Já a COERÊNCIA é o sentido, ou seja, as ideias têm que ser claras. O que você escrever deva ser objetivo e claro para o leitor. Os parágrafos devem estar em sintonia. Não é só colocar palavras bonitas no papel, mas abordar claramente e com simplicidade o tema proposto. Abraço!!

    2. Olá. Nesse caso o aluno só falhou no quesito coerência (sentido). Baseado no tema é importante rever as ideias, os parágrafos, os argumentos a favor ou contra naquilo que foi proposto. Tudo isso é o sentido que o texto vai ter. Ter clareza nas ideias. Expô-las de forma objetiva.

  10. Olá professor, gostei bastante de suas explicações, estou em dúvida sobre o tema da minha monografia, sou do curso de Letras. Veja as seguintes e hipóteses que escolhi: A leitura e a escrita: processos e dificuldades na sua aquisição sob a análise da psicolinguística ou A leitura e a escrita: processos e dificuldades na sua aquisição sob a análise da linguística aplicada. O senhor poderia me nortear sobre qual análise devo trabalhar?

    Agradeço muito por sua atenção.

    1. Olá Jéssica. Obrigado por visitar minha página. Trabalhe em cima da primeira hipótese: A leitura e escrita: processo de aquisição sob análise da Psicolinguística. Para início de estudo e pesquisa, busque as obras de Luiz Antonio Marcuschi. Abraço!

      1. Muito obrigada professor! Foi de grande valia seu conselho. Muito obrigada mesmo!

  11. Boa noite professor, estou fazendo um artigo sobre o ensino de inglês no ensino fundamental II em duas escolas, sendo que uma fica na periferia e outra próximo ao centro. Gostaria de saber quais autores e obras o senhor poderia me indicar. Desde já agradeço.

    1. olá. Busque autores como Noam Chomsky. Luiz Antonio Marscuschi. Ferdinand de Saussure. Autores pesquisadores na área das linguagens. Aquisição e desenvolvimento. Abraço.!

  12. Prezado professor: sou físico e nos últimos quatro anos me deparo com uma situação em que tenho absoluta certeza da fragilidade da comunicação verbal entre os indivíduos. A questão do meu interesse é saber se a psicolinguística pode revelar tanto as fragilidades dos idiomas quanto proporcionar alterações objetivando uma comunicação mais efetiva. No caso de uma resposta negativa, faz a linguística ter outra especialidade abordando tal tema?

    1. A Psicolinguística como ciência da linguagem pode sim revelar as fragilidades dos idiomas. Quando estuda a aquisição da(s) linguagem (ns) e seu desenvolvimento consequentemente revela tais fragilidades e aponta pressupostos teóricos para consolidar efetivamente as questões que envolve a comunicação. É nesta linha e outros caminhos ligados à linguagem que a Linguísitca e a Psicolinguística percorrem. Abraço! Espero ter ajudado.

      1. Não tenho também nenhuma dúvida que estou no caminho certo a cerca de “minhas” reflexões, exatamente por ter tido o privilégio de encontrá-lo, professor Robson.Receba meu mais profundo agradecimento pelo seu trabalho e atenção. Só lamento não existir ainda o modo verbal “SUBMITIVO”para lhe agradecer com maior propriedade o estímulo que me proporcionou e a tantas outras pessoas.

  13. Olá Robson, é um prazer poder interagir com você. Você poderia me orientar de como posso elaborar um material de Produção Textual para alunos do 4º e 5º ano das Séries Iniciais, da Rede Municipal de Ensino, usando a psicolinguística?
    Sou Coordenadora Pedagógica e Técnica da Secretaria Municipal de Educação de Tauá-Ce., esse material seria para minha Dissertação no Mestrado em Educação, o qual estou cursando.
    Obrigado pela atnção, e aguardo um retorno.
    Att.,
    Profª. Sâmya Mota

    1. Olá. Obrigado pela interação e desculpa a demora. Use como metodologia trabalhos em grupos ou individuais a partir da realidade deles (cotidiano). Produção de pequenos textos do dia a dia deles, feito por eles e você faz o registro através de áudios, escrita. Explore a oralidade e a escrita. Correções, ajustes juntamente com eles. Em seguida, seria interessante abordar a questão dos gêneros textuais partindo dos textos produzidos por eles. O mesmo texto em várias versões (poesia, narração, jornalístico, bilhete, charge, crônica. Etc.). Assim a Psicolinguística atua.

  14. Olá professor Robson! Farei uma apresentação em classe sobre a psicolinguistica e gostaria muito que me desse um caminho de pesquisa para que eu consiga deixar claro para mim e para a turma, ja que desconheçoo tema, quais pontos devo abordar? Quais principais nomes nacionais e internacionais? Quais são as caracteristicas? Quais são os exemplos de estudos atuais e quais são os limites da psicolinguistica? Me ajude! ADOREI SUAS PUBLICAÇÕES

    1. ola. Desculpe a demora. Recomendo os principais nomes como: Chomsky, Piaget e Vygostky. Já nacionais, pesquise obras de Del Ré e Luiz Antonio Marcuschi. Aborde exemplos concretos e significativos na questão da aquisição da linguagem. Como ela se desenvolve. Temas atuais predomina sobre os usos e funções da linguagem. A competência linguística. O desenvolvimento da linguagem. etc. Abraço!

  15. Muito bom artigo!
    Foi recomendado para o meu filho, diagnosticado com DEL, a utilização do modelo psicolingüístico como ferramenta no tratamento fonoaudiólogico. Eu, leiga e mãe (RS), gostaria de entender um pouco sobre esse método… Vc me indicaria algum livro. Muito obrigada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s