O tempo, senhor tempo para alguns
Tempo perseguido, culpado, incontrável
Os homens vão e vêm
Sobem estrada, descem escadas
As ruas andam, os carros andam
As calçadas seguem
O tempo não é encontrado.

Para amar os homens precisam de tempo
Para perdoar, precisam de tempo
Para olhar minuciosamente a vida
Precisam de tempo
Que tempo é esse?
Desejado, idolatrado, desculpa pra todo ato humano?

Não há tempo para escolher
Não há tempo para contemplar o horizonte
Não há tempo para encostar o rosto noutro solitário
Não há tempo para escrever poesias
Não há tempo para ser eu
Substancia desse tempo.

Não há mais tempo para pensar no tempo
Só dá tempo de rubricar as páginas da vida
E dá tempo ao tempo.

                                                            
Robson Junior