O MAIOR DOS ABSURDOS:

 
Você sabe o que é o AUXÍLIO RECLUSÃO?
 
Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa
que, a partir de 1º/1/2010 é de R$798,30 por filho para sustentar a
família, já que o 
coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos por
estar preso. Mais que um salário mínimo que muita gente por aí rala pra
conseguir e manter uma família inteira.

 
Ou seja, (falando agora no
popular pra ser entendido)

Bandido com 5 filhos, além de
comandar o crime de dentro das prisões, comer e beber nas costas de quem
trabalha e/ou paga impostos, ainda tem direito a receber auxílio
reclusão de R$3.991,50 da Previdência Social.

Qual pai de família com 5 filhos recebe um salário suado igual ou
mesmo um aposentado que trabalhou e contribuiu a vida inteira e ainda
tem que se submeter ao fator previdenciário?

Mesmo que seja um auxílio temporário, prisão não é colônia de
férias.

Isto é um incentivo a criminalidade nesse pais,
formado por corruptos e ladrões.

Não acredita?
Confira no site da Previdência Social.
 
Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS
http://www.previden
ciasocial. gov.br/conteudoD inamico.php? id=22

Pergunto-lhes:

1. Vale a pena estudar e ter uma profissão?
2.
Trabalhar 30 dias para receber salário mínimo de R$510,00, fazer
malabarismo com orçamento pra manter a família?

3. Viver endividado com prestações da TV, do celular ou do
carro que você não pode ostentar pra não ser assaltado?

4. Viver
recluso atrás das grades de sua casa?

5. Por
acaso os filhos do sujeito que foi morto pelo coitadinho que está preso,
recebe uma bolsa de R$798,30 para seu sustento?

6. Já viu algum defensor dos direitos humanos defendendo esta
bolsa para os filhos das vítimas?

7. Vc acredita nas promessas dos politicos corruptos,
ladrões eleitos pela grande massa de ignorantes em nosso pais?

8. Você
acredita no discurso da polícia que está se esforçando pra diminuir a
criminalidade?

   
MOSTRE A TODOS O QUE OCORRE NESSE PAÍS!!!

fonte: Windows live/ hotmail.com: Raimundo Nonato
Mendes lago Lago
(revnonatolago@hotmail.com) enviado
quinta-feira, 22 de abril de 2010 15:22:06