CARTA DE DESPEDIDA AO PADRE PEDRO JOSÉ

O nosso plano era que ficasse conosco, mas nem sempre os planos de Deus são os mesmos que os nossos. Nesse momento de mudança, queremos  desejar a você, nosso Padre, a mesma força que teve no dia do seu sim a Deus, para seguir em frente e continuar sendo esse fiel colaborador para o reino do nosso Senhor.
Queremos através desta, deixar o nosso agradecimento em forma de carinho e de oração, e dizer que, o tempo que passou ao nosso lado permitiu que excelentes coisas fossem restauradas e realizadas em nossas vidas.
Um pai é responsável pela educação de seus filhos, no entanto, se ele não souber educá-los com carinho não será um bom pai. Da mesma forma, um padre é para uma comunidade o grande responsável por educá-los na lógica do amor a partir da palavra do mestre e salvador Jesus, e você padre, nos revelou esse Deus da mais linda forma que podíamos conhecer: a forma prática.
Contigo aprendemos que, só a partir de um amor misericordioso, pode existir uma verdadeira experiência com Jesus. Como a Santa Igreja diz, é possível encontrar Nosso Senhor na pessoa do Sacerdote, então, obrigado por representar esse Deus de forma tão sensível e responsável para nós a cada celebração desse santo sacrifício.
Mais uma vez é chegado o momento de viver na prática o evangelho de Jesus. É hora de se despedir na esperança de que novas pessoas terão a oportunidade de experimentarem essa maravilhosa acolhida apostólica e aprender aquilo que você nos ensinou e que tem nos contagiado dia após dia: o valor de amar a partir de gestos simples que nos permitem ressuscitar aqueles que foram induzidos a acreditarem que estão mortos e que a vida não tem mais sentido.
A nós, cabe cultivarmos o amor que brotou em nosso coração, amor  esse, que o Senhor semeou a partir da sua palavra, carinho, dedicação, carisma e principalmente, da sua acolhida.
É hora de partilharmos entre nós, membros da comunidade, a sua presença, que ficará para sempre em nossos corações, aprendendo não somente lavar, mas também beijar os pés uns dos outros sem olhar para as diferenças, sem olhar para as nossas misérias e fragilidades.
Jesus tem predileção pelos fracos, e é a nós que ele escolhe e capacita. Não estamos tristes, pois sabemos que a falta da sua presença física será preenchida pela eterna presença que você já conquistou dentro de cada coração e que será evidenciada por nós a partir do amor comunitário que lutaremos para viver quebrando as barreiras do preconceito imposto por esse mundo.

Com carinho e orações,

COMUNIDADE CATÓLICA DE CHAPADINHA

Adaptações, acréscimos e paráfrases: Robson Silva

Fonte: rodrigo-marini.blogspot.com/…/carta-de-despedida-ao-padre-marcelo.html