“Não são apenas 0,20 centavos. Não é só o aumento do preço da passagem do ônibus enquanto este continua precário. É a conspiração de um amontoado de sobrecargas estudais que abusam da sociedade como fantoches movidos ao cabresto, já que ônibus anda superlotado. E não é só a superlotação dos ônibus, é a superlotação da hipocrisia egocêntrica, de sentar no sofá e assistir com apatia os noticiários enquanto o carro na garagem cabe no ego de muita gente. É nomear de vândalos aqueles que lutam contra a soberania militar, é esquecer que somos brasileiros e que independentemente do transporte, do bolso, da carne, somos humanos. A PM os julgam de fascistas e nós à eles julgamos ditatoriais, como tal feito, radicais. Soltar a voz em nome da revolução é propagar a nossa irreverência ao que deveria ser justo, mas que não é. Sob o espírito de Che Guevara, a nossa sede em massa pela mudança dessa barganha corrosiva veste nas ruas cartazes que pintam o futuro com a tentativa de amenizar não só 0,20 centavos, mas toda a teia da corrupção e opressão. Enquanto uns dormem no seio do conformismo, outros batalham pelo caos que muitos não compreendem. Ser imparcial é uma ferida que cresce e que afoga o Brasil. E como diz a Juliana: O robocop do governo é frio, não sente pena, só ódio e rir como hiena.”

Pedro St

fonte: http://capitule.tumblr.com/post/52980540378/nao-sao-apenas-0-20-centavos-nao-e-so-o-aumento