“Em dias incomuns você surgiu como o sol que invade o tempo sem pedir licença.

Entrou de mansinho desfazendo o estado inerte do meu ser, levando-me a fronteiras impossíveis e calmas.

Com seu olhar profícuo roubou minha atenção desatenta, sem rumo

Olhar penetrante que invadiu minhas estruturas e abalou meu coração

E me fez idolatrar seu corpo virgem perfeito anjelical

Você veio de reinos nunca vistos e/ou habitados

Mesmo assim sem saber, me encantou

Você é a essência do prazer.”

 

Robson Junior